Colonoscopia

A colonoscopia é um exame realizado por meio de um uma aparelho contendo uma câmera na sua extremidade, o colonoscópio, que introduzido pelo ânus do paciente, permite a visualização de todo o reto e intestino grosso, além da parte final do intestino delgado.  O exame requer sedação e é muito importante para a investição das doenças do cólon, especialmente as que se apresentam com sangramento, e para a prevenção e tratamento do câncer de intestino. Atualmente todas as pessoas com mais de 50 anos de idade tem indicação de realizar a colonoscopia. Caso exista na família algum caso de câncer de intestino, a idade do primeiro exame deve ser reduzida conforme orientação médica. 

Retossigmoidoscopia flexível

A Retossigmoidoscopia flexível, assim como a colonoscopia, utiliza o mesmo aparelho e também é realizada através do ânus do paciente.  O exame permite a visualização do reto e sigmóide e não é necessária sedação, podendo o paciente retornar as suas atividades habituais após o mesmo. Este exame apesar de visualizar também o ânus, não é o método de escolha para o diagnóstico das doenças do canal anal, as quais são melhor estudadas pela anuscopia. Está indicada nos casos de sangramento e eliminação de secreções pelo ãnus, na investigação de inflamações, prisão de ventre e outros sintomas, especialmente em pacientes jovens.  Assim como na colonoscopia é possível relizar biópsias dos segmentos estudados (reto e sigmóide).

Anuscopia

A anuscopia é o melhor exame para investigar as doenças do ânus. É realizada durante a consulta médica e permite o diagnóstico de hemorróidas, fístulas anais, pólipos de reto inferior, papilite anal, verrugas anais, prolapso retal, entre outras. É realizada por meio de um anuscópio que após ter sido bem lubrificado é introduzido pelo ânus do paciente. Este exame dura apenas alguns segundos e normalmente é indolor, porém o paciente pode apresentar leve pressão no ânus, que melhora rapidamente. Não precisa preparo antes da realização do exame. 

Manometria anorretal

A manometria anorretal é um exame simples e indolor, que não requer sedação ou jejum. Este exame consiste em uma fina sonda que introduzida no ânus do paciente e conectada a um sistema de computador permite a aferição das pressões do ânus e do reto durante o repouso e esforço simulado de contração e evacuação. Tem indicação nos pacientes com constipação intestinal (prisão de ventre), incontinência fecal (perda involuntária de fezes nas roupas), fissuras anais, fístulas anais e também pode auxiliar o médico na definição da técnica cirúrgica a ser tomada. Este exame pode ser realizado em crianças inclusive em bebês. 

Tempo de Trânsito Colônico

O tempo de trânsito colônico tem indicação nos casos de obstipação (prisão de ventre) que não melhoram após suplementação de fibras na dieta. Como o nome já diz, este exame tem o objetivo de avaliar o tempo do trânsito das fezes no intestino grosso e reto. O paciente ingere uma cápsula que contém 24 marcadores (pequenos anéis) radiopacos (visíveis a radiografia), que tem o mesmo peso das fezes, e após 5 dias é realizada uma radiografia do abdomem para analisar se ainda existem marcadores no intestino, a quantidade e a distribuição deles. O exame é normal se mais de 80% dos marcadores são eliminados junto com as fezes no quinto dia. 

Endoscopia Digestiva Alta

A endoscopia digestiva alta é um exame que permite ao médico investigar e algumas vezes tratar as denças que acometem a parte superior do aparelho digestivo, isto é: esôfago, estômago e duodeno. É realizado por meio de um aparelho próprio que também contém um câmera na extremidade, o endoscópio. Para a realização do exame é necessário jejum de pelo menos 8 horas e a presença de um acompanhante. O paciente é submetido a uma sedação e muitas vezes nem percebe a realização do exame. Após a realização do exame o paciente permanece em uma sala de recuperação por 30 minutos a 1 hora, sendo posteriormente liberado para casa. 

Crioterapia de verrugas anais

As verrugas ou condilomas podem acometer ânus, vagina, pênis e outras partes do corpo, e são causadas pelo vírus do HPV, o mesmo responsável pelo câncer de cólon de útero e de canal anal. A criocauterização ou crioterapia promove a destruição térmica (congelação) dessas verrugas, não deixa cicatrizes, não é um  método muito doloroso e pode ser repetido o tratamento de 1 a 3 semanas até a eliminação das mesmas. As aplicações podem ser realizadas no próprio consultório e não é necessário sedação, podendo o paciente retornar as suas atividades logo após o procedimento. 

Ligadura elástica de hemorróidas

A ligadura elástica de hemorroidas é um procedimento indolor e realizado no consultório. Está indicada para a doença hemorroidária interna de graus 1 a 3; istó é, até hemorroidas que prolapsam (saem do ânus) e necessitem de redução digital (com o dedo) podem ser tratadas por este método. O procedimento é bastante simples e consiste na aspiração do mamilo hemorroidário e aplicação em sua base de um anel de borracha que interrompe a circulação sanguínea provando a queda do mamilo após alguns dias. Pode ser necessário mais de uma aplicação, com intervalo mínimo entre elas de 30 dias. 

Locais de Atendimento:
  • Hospital Santa Helena: (73) 3526 8300/8334 
     (73) 98836 7002
  • Policlínica de Jequié: (73) 3525 0365/0784
     (73) 98155 0188 
  • Instituto Médico de Jaguaquara - IMEJ: (73) 534 1350
     (73) 98819 1283 

© 2015